Carregando...
logo
Participe
twitter facebook orkut
Entrar
Visitante, cadastre-se! Agora você pode ter seu cadastro em nosso site e acessar o conteúdo exclusivo que reservamos para você. Cadastre-se!

Humildade cristã

Imagem de ilustração do texto

“Nada façam por ambição egoísta ou por vaidade, mas humildemente considerem os outros superiores a si mesmos. “ Filipenses 2:3

Muitas pessoas afirmam ser essa a ação mais difícil de fazer: considerar os outros superiores a si mesmos. Seja por seus sonhos grandiosos, seja pela própria vontade da carne de se sobressair, muitas vezes, elas se esquecem de priorizar as pessoas em suas atitudes, e ao contrário, acabam valorizando excessivamente suas próprias vontades.

Para que haja uma mudança de postura é necessário, primeiro, uma mudança de pensamento. Pensar em como Jesus renegou todo o seu poder, para que pudéssemos conhecê-lo nos motiva a valorizar as outras pessoas ao invés de nós mesmos. Somente estamos salvos por um ato de extrema humildade e renúncia, já que Cristo esvaziou-se a si mesmo para que pudesse vir em forma humana (Filipenses 2:7-8). A humildade de Cristo é maior do que qualquer ato em favor do próximo que faremos e, sabendo disso, devemos continuar nos esvaziando de nossas vontades para que as pessoas possam ver a atitude de Cristo em nós.

Deus nos pede que amemos aos nossos irmãos da mesma forma que amamos a nós mesmos e isso é um ato de humildade, pois amar as pessoas dessa forma é se importar com os seus problemas assim como nos importamos com os nossos. E também, tratá-las da mesma forma que gostaríamos de ser tratados.

Ora, vocês são o corpo de Cristo, e cada um de vocês, individualmente, é membro desse corpo.” 1 Coríntios 12:27

O zelo pelo corpo de Cristo também é expresso no amor ao próximo. Juntos formamos um só corpo e cada membro do corpo deve amar e cuidar de todos os outros. Assim, nos importar e ajudar os nossos irmãos em Cristo é nosso dever, para que o corpo de Cristo permaneça unido e forte em direção à eternidade.

 

Publicado por Jayne Rodrigues em 16-nov-2012, 19h36

Divulgue este texto!

Novo por aqui? Talvez queira assinar nosso Feed RSS para receber atualizações diárias em seu leitor RSS favorito.

Nenhum comentário para este texto

Está quieto aqui... consegue ouvir o eco?
Os seguintes erros devem ser corrigidos antes de prosseguir:

Novos comentários estão bloqueados.

print